quinta-feira, 16 de abril de 2009

Atividade Junturas - Articulações

Caros Alunos
Como atividade para a aula de hoje peço que respondam as seguintes questões e enviem para o meu e-mail.
1 - Conceitue junturas.
2 - Como classificamos as junturas?
3 - Em que tipo específico de articulação encontramos a cápsula e o líquido sinovial?
4 - o que são discos e meniscos? Exemplifique.
5 - Quais os principais moviemntos realizados pelo segmentos do corpo?
6 - Cite a classificação morfológica das junturas sinoviais com um exemplo para cada classificação.
Att,
Professor
Luís Alexandre

17 comentários:

resumodasaulas disse...

Se quiserem, podem responder e deixar as respostas por aqui mesmo como comentário ok?! Abraço a todos!

biologia disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
biologia disse...

1- É a conexão existente entre quaisquer partes rígidas do esqueleto, quer sejam ossos quer cartilagens.

2- Fibrosas, cartilaginosas e sinoviais.

3-Junturas sinoviais.

4- São estruturas fibrocartilágeneas interpostas entre as superfícies, articulares. O disco é redondo encontrado na articulação temporomandibular, e o menisco são encontrados no osso do joelho.
Eles têm funções de amortecer as pressões sobre a articulação e possibilitar maior congruência entre uma articulação e outra.

5- Movimentos angulares, adução e abdução, rotação e circundação.

6-
a)Plana:
Ex: a articulação sacro-ilíaca entre o sacro e a porção ilíaca do osso do quadril.
b)Gínglimo:
Ex: a articulação do cotovelo mostra como a superfície articular do úmero, que entra em contato com a ulna.
c)Trocóide:
Ex: articulação rádio-ulnar proximal, entre o rádio e a ulna
d)Condilar:
Ex: a articulação rádio-cárpica ou punho.
e)Em sela:
Ex: a articulação carpo-metacárpica do polegar, entre o osso trapézio do carpo e o osso do metacarpo.
f)Esferóide:
Ex: a articulação do ombro.

ACADÊMICAS: Daniela e Aline

Eloiane e Anne Cristina. disse...

1) As junturas possuem certos aspectos estruturais e funcionais nas quais o elemento que se interpõe as peças que se articulam e o tecido conjuntivo são ditas fibrosas, e a grande maioria delas se apresentam no crânio.

2) Se classificam em três grandes grupos: fibrosas, cartilaginosas e sinoviais

3) Para que haja o grau desejável de movimento muitas junturas, o elemento que se interpõe as peças que se articulam é um liquido denominado sinóvia ou liquido sinovial. Entre as peças esqueléticas articuladas não se prendem nas superfícies de articulação como ocorre nas junturas fibrosas e cartilaginosas. As junturas sinoviais o principal meio de união é representado pela cápsula articular.

4) São junturas sinoviais interpostas ás superfície articulares, encontramos nas articulações esternoclavicular e temporomandibular, meniscos é característica de forma de meia lua são encontrados nas articulações do joelho.

5) São movimentos angulares, adução e abdução, rotação e circundução.

6) a)Planas: as superfícies articulares são planas ou ligeiramente curvas, permitindo deslisamento de uma superfície sobre a outra em qualquer direção. Ex: nas articulações entre os ossos curtos do corpo.
b) Gínglino: Tipo de articulação e também denominada dobradiça e os nomes referem-se muito mais movimentos do que elas realizam, ex: articulação do cotovelo.
c) Trocóide: Superfície articulares são segmentos de cilindro por esta razão. Cilindroides talvez fosse um termo mas apropriado para designa-las, ex: articulação radio-ulnar proximal
d) Condilar: articulares são de forma elíptica e elipsóide seria talvez um termo mais adequado. Estas junturas permitem flexão, extensão, abdução e adução, ex: articulação temporomandibular
e) Em sela : articulação a superfície articular de uma peça esquelética de forma de sela, ex: articulação carpo-metacarpica do polegar
f) Esteróide apresenta superfície articulare que são segmentos de esfera e se encaixam em reptáculos ocos, ex: articulação do ombro.






.

Neila, Patrick, Rosana, Wellington disse...

1 - Conceitue junturas.
São conexões existentes entre quaisquer partes rígidas do esqueleto, quer sejam ossos ou cartilagens, unindo e permitindo a mobilidade entre ambos.

2 - Como classificamos as junturas?
• Junturas fibrosas; podendo ser: Suturas e Sindesmoses;
• Junturas cartilaginosas;
• Junturas sinoviais;

3 - Em que tipo específico de articulação encontramos a cápsula e o líquido sinovial?
Encontramos nas junturas sinoviais
4 - o que são discos e meniscos? Exemplifique.
São formações fibro-cartilaginosas, que resistem a violentas pressões, e agem como amortecedores, são encontrados na s articulações dos joelhos.

5 - Quais os principais movimentos realizados pelo segmentos do corpo?
• Movimentos angulares;
• Adução e abdução;
• Rotação;
• Circundução;

6 - Cite a classificação morfológica das junturas sinoviais com um exemplo para cada classificação.

• Plana – Ex: a articulação sacro-ilíaca ( entre o sacro e a porção ilíaca do osso do quadril)
• Gínglino- Ex: a articulação do cotovelo
• Trocóide- Ex: a articulação rádio-ulnar proximal ( entre o rádio e a ulna)
• Condilar- Ex: a articulação rádio-cárpica ( ou do punho)
• Em sela – Ex: a articulação carpo-metacárpica do polegar (entre o osso trapézio do carpo e o I osso do metacarpo)
• Esferóide- Ex: a articulação do ombro (entre o úmero e a escápula)


Neila Taiani de Almeida Valente

Patrick Artur Monteiro Maciel

Rosana do Amparo Costa Santana

Wellington Franck Pereira da Costa

Anônimo disse...

Atividade Junturas - Articulações
Acadêmico: ERALDO GOMES DA SILVA JÚNIOR

1 - Conceitue junturas.

R= Juntura significa conexões e no esqueleto, tem a finalidade de unir os ossos e permitir a sua mobilidade.

2 - Como classificamos as junturas?

R= As junturas classificam-se em: Junturas fibrosas, cartilaginosas e sinoviais.
Fibrosas: No esqueleto temos dois tipos de junturas fibrosas, as suturas encontradas em ossos do crânio e sindesmoses tíbio-fibular existentes nas extremidades distais da tíbia e fíbula.
Cartilaginosas: temos as sincondroses da cartilagem hialina mais comumente encontrada na região esfeno-occiptal na base do crânio.
Sinoviais: se encontram onde existe a necessidade de deslizamento ósseo contra outro como nas articulações.

3 - Em que tipo específico de articulação encontramos a cápsula e o líquido sinovial?

R= As junturas sinoviais, encontram-se interpostas as superfícies articulares e tem por finalidade a melhor adaptação das articulações e são constituídas da cápsula articular (espécie de manguito que envolve a articulação prendendo-se nos ossos que se articulam) e um líquido denominado de sinóvia ou líquido sinovial.


4 - o que são discos e meniscos? Exemplifique.

R= Os discos e meniscos são constituídos de material fribrocatilaginoso e seriam destinadas a receber violentas pressões.

5 - Quais os principais movimentos realizados pelos segmentos do corpo?

R= Flexão, extensão, abdução, adução, rotação, pronação, supinação e circundação.

6 - Cite a classificação morfológica das junturas sinoviais com um exemplo para cada classificação.

R= Juntura simples: se define na articulação de apenas dois ossos como a articulação do joelho (fêmur e tíbia);

Juntura composta: quando a articulação envolve mais de dois ossos como no cotovelo, três ossos (úmero, rádio e ulna).

Anônimo disse...

Atividade Junturas - Articulações
Acadêmico: ERALDO GOMES DA SILVA JÚNIOR

1 - Conceitue junturas.

R= Juntura significa conexões e no esqueleto, tem a finalidade de unir os ossos e permitir a sua mobilidade.

2 - Como classificamos as junturas?

R= As junturas classificam-se em: Junturas fibrosas, cartilaginosas e sinoviais.
Fibrosas: No esqueleto temos dois tipos de junturas fibrosas, as suturas encontradas em ossos do crânio e sindesmoses tíbio-fibular existentes nas extremidades distais da tíbia e fíbula.
Cartilaginosas: temos as sincondroses da cartilagem hialina mais comumente encontrada na região esfeno-occiptal na base do crânio.
Sinoviais: se encontram onde existe a necessidade de deslizamento ósseo contra outro como nas articulações.

3 - Em que tipo específico de articulação encontramos a cápsula e o líquido sinovial?

R= As junturas sinoviais, encontram-se interpostas as superfícies articulares e tem por finalidade a melhor adaptação das articulações e são constituídas da cápsula articular (espécie de manguito que envolve a articulação prendendo-se nos ossos que se articulam) e um líquido denominado de sinóvia ou líquido sinovial.


4 - o que são discos e meniscos? Exemplifique.

R= Os discos e meniscos são constituídos de material fribrocatilaginoso e seriam destinadas a receber violentas pressões.

5 - Quais os principais movimentos realizados pelos segmentos do corpo?

R= Flexão, extensão, abdução, adução, rotação, pronação, supinação e circundação.

6 - Cite a classificação morfológica das junturas sinoviais com um exemplo para cada classificação.

R= Juntura simples: se define na articulação de apenas dois ossos como a articulação do joelho (fêmur e tíbia);

Juntura composta: quando a articulação envolve mais de dois ossos como no cotovelo, três ossos (úmero, rádio e ulna).

lucila, natania,raimundo disse...

Acadêmicos: Lucila da Costa Nascimento
Natânia de Aguiar Coutinho
Raimundo Costa

Como atividade para a aula de hoje peço que respondam as seguintes questões e enviem para o meu e-mail.

1 - Conceitue junturas.
Os ossos unem-se uns aos outros para formar o esqueleto. Esta união tem a finalidade de colocar os ossos em contato, mas também permitir a sua mobilidade.

2 - Como classificamos as junturas?
Em três grandes grupos, fibrosas, cartilaginosas e sinoviais.

3 - Em que tipo específico de articulação encontramos a cápsula e o líquido sinovial?
Nas junturas sinoviais.

4 - o que são discos e meniscos? Exemplifique.
São formações fibro-cartilagíneas, interpostas as superfícies articulares, no disco há exemplo de intra- articular encontra nas articulações esternoclavicular e têmporomandibular, já os miniscos do joelho são frequentemente lesados e a sua retirada cirúrgica e bastante comum.

5 - Quais os principais movimentos realizados pelo segmentos do corpo?
Movimentos angulares, adução e abdução, rotação e circundução.

6 - Cite a classificação morfológica das junturas sinoviais com um exemplo para cada classificação.
Plana, a articulação sacro-ilíaca; Gínglimo, articulação do cotovelo; Trocóide, articulação rádio-ulnar proximal; Condilar, articulação rádio-cárpica; Em sela, articulação carpo-metacárpica do polegar; Esferóide, articulação do ombro.

antonia almeida,lucineia,maria sueli, liliane disse...

RESPOSTAS

1- É o ato pelo quais os ossos unem-se uns aos outros para constituir o esqueleto.

2- Fibrosas e cartilaginosas e sinoviais.

3- Juntura sinoviais.

4- São junturas sinoviais interposta superfície articulares, encontram-se formações fibro-cartilagíneas. Ex: disco articulações esternoclavicular. Miniscos nas articulações do joelho.

5- Movimentos angulares, adução e abdução e cicundução.

6- Plana ex: a articulação sacro-ilíaca (entre o sacro e porção ilíca do osso do quadril)

Gínglimo ex: articulação do cotovelo
Trocóide ex; articulação radio-ulnar proximal (enrte o radio e ulna)
Condilar ex: articulação radio-cárpica ( ou do punho).
Em sela ex: articulação carpo-metacarpica do polegar ( entre osso trapézio do carpo e o I osso do metacarpo).
Esferóide ex: tri-axial articulação do ombro entre o úmero e a escápula, quadril entre o osso do quadril e o fêmur.

Ediene e Laiana disse...

01. As junturas possuem certos aspectos estruturais e funcionais, o critério para sua divisão é a natureza do elemento que se interpõe às peças que se articulam.

02. As junturas são classificadas em três grupos, as fibrosas nas qual o elemento que se interpõe às peças que se articulam é o tecido conjuntivo fibroso são ditas fibrosas, é a grande maioria delas se apresenta no crânio. As junturas cartilaginosas na qual o tecido se interpõe é cartilaginoso. Quando se trata de cartilagem hialina, temos as sincondroses; nas sínfises à cartilagem é fibrosa, em ambas a mobilidade é reduzida. As junturas sinoviais é o elemento que se interpõe às peças que se articulam é um liquido denominado sinóvia, ou liquido sinóvia.

03. Junturas sinoviais.

04. Os discos e menisco em varias junturas sinoviais, interpostas às superfícies articulares, encontra-se formações fibro-cartilagíneas, que serviriam à melhor adaptação das superfícies que se articulam (tornam-se congruentes), ou seriam estruturas destinadas a receber violentas pressões, agindo como amortecedores.

05. Movimentos angulares, adução e abdução, rotação e circundução.

06. Plana, exemplo: a articulação sacro-ilíaca.
Gínglimo, exemplo: a articulação do cotovelo.
Trocóide, exemplo: a articulação radio-ulnar proximal.
Condilar, exemplo: a articulação rádio-cárpica.
Em sela, exemplo: a articulação carpo-metacárpica do polegar.
Esferóide, exemplo: a articulação do ombro.

marilene/leandro disse...

UNIVERSIDADE VALE DO ACARAÚ
CURSO DE LICENCIATURA PLENA EM BIOLOGIA
DISCIPLINA: ANATOMIA COMPARADA
ACADEMICOS: MARILENE LIMA e LEANDRO XAVIER

Atividade Junturas - Articulações

1 - Conceitue junturas.

Junturas significam conexões e no esqueleto, tem a finalidade de unir os ossos e permitir a sua mobilidade.


2 - Como classificamos as junturas?

As junturas são classificadas em três grandes grupos: fibrosas, onde as peças que se articulam é o tecido conjuntivo fibroso que esta dividido em suturas, encontradas entre os ossos do crânio e sindesmoses, o tecido interposto é também o conjuntivo fibroso, mas não ocorrem entre os ossos do crânio, cartilaginosas, o tecido que se interpõe é cartilaginoso e sinoviais, se encontram onde existe a necessidade de deslizamento ósseo contra outro como nas articulações.


3 - Em que tipo específico de articulação encontramos a cápsula e o líquido sinovial?

A cápsula e o liquido sinovial são encontrados na articulação sinovial.

4 - o que são discos e meniscos? Exemplifique.

Articulação ou juntura é a conexão entre duas ou mais peças esqueléticas (ossos ou cartilagens). Essas uniões não só colocam as peças do esqueleto em contato, como também permitem que o crescimento ósseo ocorra e que certas partes do esqueleto mudem de forma durante o parto. Além disto, capacitam que partes do corpo se movimentem em resposta a contração muscular.
Embora apresentem consideráveis variações entre elas, as articulações possuem certos aspectos estruturais e funcionais em comum que permitem classificá-las em três grandes grupos: fibrosas, cartilaginosas e sinoviais. O critério para esta divisão é o da natureza do elemento que se interpõe às peças que se articulam.


5 - Quais os principais movimentos pelos segmentos do corpo?
Movimentos angulares, adução e abdoçaõ, rotação e circulação

6 - Cite a classificação morfológica das junturas sinoviais com um exemplo para cada classificação.

Plana – Superfície articular plana ou ligeiramente curva permitindo deslizamento de uma superfície sobre a outra em qualquer direção.
Articulação sacro – ilíaca.
Gínglimo –Realizam apenas movimentos angulares.
Articulação do cotovelo
Trocóide – São cilindróides pelo fato das superfícies articulares serem segmentos de cilindro. Estas junturas permitem rotação.
Articulação rádio – ulnar.
Condilar – As superfícies articulares são de forma elipsóide e elipsóide permite flexão, extençao,abdução e adução.
Articulação temporomandibular e do punho.
Em sela – As superfícies articulares possui a forma de sela. Permitem extensão, flexão, adução, abdução e rotação, porem são consideradas bi – axiais. Isso é justificado porque a rotação isolada não pode ser realizada pelo polegar. Ela só é possível com a combinação dos outros movimentos.
Articulação rádio – metacárpica do polegar.
Esferóides – Apresentam as superfícies articulares que são segmentos de esferas. Permitem movimentos em torno de três eixos. Exs.: Articulação do ombro e do quadril.

biologia disse...

1- È a união de alguns ossos e permite a movimentação quer sejam osso quer cartilagens.

2- Fibrosas, cartilaginosas, sinoviais

3- Junturas sinoviais

4- são formações fibro-cartilaginosas, serve para a adaptação das superfícies que se articulam, essa estrutura também serve para para amortecer violentas pressões, encontramos nas articulações esternoclavicular e temporomandibular e o menisco são encontrados nos ossos do joelho.

5_ Movimentos angulares, adução e abdução, rotação e circundação.

6_ Plana: A articulação sacro-ilíaca entre o sacro e a porção do ilíaca do osso do quadril
Gínglimo: A articulação do cotovelo mostra como a superfície articular do úmero, que entra em contato com a ulna.
Trocóide: Articulação rádio-ulnar proximal, entre radio e a ulnar.
Condilar: A articulação rádio-cárpica ou punho.
Em sela: a articulação carpo-metacárpica do polegar, entre o osso trapézio do carpo e o osso do metacarpo.
Esferóide: a articulação do ombro.

biologia disse...

universidade vale o acaraú
academicas: edlene paiva, kassia fernanda.

1- È a união de alguns ossos e permite a movimentação quer sejam osso quer cartilagens.

2- Fibrosas, cartilaginosas, sinoviais

3- Junturas sinoviais

4- são formações fibro-cartilaginosas, serve para a adaptação das superfícies que se articulam, essa estrutura também serve para para amortecer violentas pressões, encontramos nas articulações esternoclavicular e temporomandibular e o menisco são encontrados nos ossos do joelho.

5_ Movimentos angulares, adução e abdução, rotação e circundação.

6_ Plana: A articulação sacro-ilíaca entre o sacro e a porção do ilíaca do osso do quadril
Gínglimo: A articulação do cotovelo mostra como a superfície articular do úmero, que entra em contato com a ulna.
Trocóide: Articulação rádio-ulnar proximal, entre radio e a ulnar.
Condilar: A articulação rádio-cárpica ou punho.
Em sela: a articulação carpo-metacárpica do polegar, entre o osso trapézio do carpo e o osso do metacarpo.
Esferóide: a articulação do ombro.

Surama disse...

UNIVERSIDADE VALE DO ACARAÚ
PROFESSOR: LUIS ALEXANDRE
ACADÊMICOS:
ALESSANDRA PATRÍCIA
RAQUEL LIMA
ROSINETE ALMEIDA
SARA RONICE
SURAMA VALENA
LICENCIATURA EM BIOLOGIA


EXERCÍCIO AVALIATIVO

1) CONCEITUE JUNTURAS.
R= A conexão existente entre em quaisquer partes rígidas do esqueleto, quer seja ossos ou cartilagens é chamado de junturas.

2) COMO CLASSIFICAMOS AS JUNTURAS?
R= São classificados em três grandes grupos: fibrosas, cartilaginosas e sinoviais.

3) EM QUE TIPOS DE ARTICULAÇÃO ENCONTRAM A CÁPSULA E O LÍQUIDO SINOVIAL?
R= Juntura sinovial.

4) O QUE SÃO DISCOS E MENISCOS? EXEMPLIFIQUE.
R= São formações fibro-cartilogíneas. Estruturas destinadas a receber violentas pressões, agindo como amortecedores. Os discos são encontrados nas articulações esternoclavicular e os meniscos no joelho.

5) QUAIS OS PRINCIPAIS MOVIMENTOS REALIZADOS PELOS SEGMENTOS DO CORPO?
R= Movimentos angulares, adução e abdução, rotação e circundução.

6) CITE A CLASSIFICAÇÃO MORFOLÓGICA DAS JUNTURAS SINOVIAIS COM UM EXEMPLO PARA CADA CLASSIFICAÇAO.
R= Plana, ocorre nas articulações entre ossos curtos do carpo, tarso e entre os corpos das vértebras, Gínglimo, a articulação do cotovelo, Trocóide, a articulação rádio-ulnar proximal (entre o rádio e a ulna), Condilar, a articulação rádio-cárpica (ou do punho), Em sela, só é possível com a combinação dos outros movimentos, bi-axial, a articulação carpo-metacárpica do polegar (entre o osso trapézio do carpo e o primeiro osso do metacarpo), Esferóide, a articulação do ombro e do quadril.

Anônimo disse...

UNIVERSIDADE VALE DO ACARAÚ- UVA

Edlene Coelho de Paiva























RESUMO

SISTEMA MUSCULAR


















MACAPÁ/AP
ABRIL/2009



Sistema Muscular
conceito:
as chamadas celulas musculares especializam-se para a contração e o relaxamento ele que nos permite nos movimentar interna e externamente, estas celulas agrupam-se em feixes para formar massas denominadas músculos. Os músculos são estruturas que movem os segmentos do corpo por encurtamento da distância que existe entre suas extremidades fixadas por contração. A musculatura não assegura só a dinâmica, mas também a estática do corpo humano.
C ada músculo possui um nervo motor, o qual se divide em muitos ramos e termina na placa motora
a placa motora transmite impulso, o impulso para contração resulta de um ato de vontade diz-se que o músculo é voluntario, se o impulso parte de uma porção do sistema nervoso sobre qual o individuo não tem controle diz-se que o músculo é involuntário.
Os músculos voluntários distinguem-se histologicamente dos involuntários por apresentar estriações transversais são os músculos liso
os componentes anatômicos dos músculos estriados predominam as fibras musculares, sendo, portanto a parte ativa do músculo a parte contrátil são cilindróides ou tem forma de fita chamam-se tendões; quando são laminares, recebem a denominação de aponeuroses.
Tanto tendões quanto aponeuroses são esbranquiçadas e brilhante são ricos em fibras e serve para prender os músculos ao esqueleto.
Fáscia muscular é uma lâmina de tecido que envolve cada músculo contribui para prender o músculo ao esqueleto para exercer eficientemente o o trabalho de tração ao osso permite o deslizamento dos músculos entre si.
A mecânica muscular o ventre não se prende no esqueleto para que possa contrair-se livremente, as extremidades do músculo prendem-se pelo menos a dois ossos, de maneira que o músculo cruza a articulação , ao contrair-se o ventre muscular, há um encurtamento do comprimento dos músculo e conseqüentemente deslocamento deslocamento da peça esquelética . As fibras musculares podem reduzir seu comprimento, relação ao estado de repouso , de cerca de um terço ou metade. No músculo esta diretamente relacionado com o numero de fibras do ventre muscular e a amplitude de contração depende d seu grau de encurtamento. No caso da musculatura cardíaca e dos músculos lisos geralmente situadas na parede de vísceras oca ou tubulares também se produz um trabalho de expandir ou de impulsionar seu conteúdo.
A origem de inserção são também denominadas respectivamente de ponto fixo e ponto móvel. Ao contrair-se , executa a flexão do antebraço e consideramos sua extremidade umeral (proximal)como origem e sua extremidade unar (distal) como inserção.
A classificação dos músculos varia de cordo com sua forma e a nomenclatura se aproveita para deste fato para designar vários músculos.
Os músculos tem fibras dispostas paralelas paralelas ou obliquas á direção de tração exercida pelo músculo.
A direção paralela das fibras podem ser encontrados em músculos longos , nos largos.
Disposição obliqua das fibras em relação aos tendões denominam-se peniformes se o músculo se prende numa só borda do tendão falamos em músculos unipenado.
Quando o músculo o músculo se origina por mais de um tendão , diz-se que apresentam mais de uma cabeça de origem são classificados de músculos bíceps, tríceps ou quadríceps, quando tem m dois tendões, são bicaudados; três ou mais policaudados.
Quanto ao ventre são digástrico que apresentam dois ventres e poligástricos ao que apresentam número maior, como é o caso do m. reto do abdome.
Dependendo da ação principal resulta de contração do músculo, o mesmo pode ser classificado como flexor, extensor, abdutor etc.

Quando o músculo é o agente principal na execução de um movimento ele é um agonista, se já para regular a rapidez ou a potência de ação deste agonista, chama-se antagonista.

Nem um músculo pode contrair-se se não receber estimulo através de um nervo, os músculos necessita de considerável quantidade de energia. Em vista disso, os músculos recebem eficiente suprimento sanguíneo através de uma ou mais artérias, que neles penetram e ramificam intensamente, formando um extenso leito capilar.
Nervos e artéria penetram sempre pela face profunda do músculo, pois assim estão melhor protegidos.

Anônimo disse...

Professor,vc poderia explicar novamente sobre as costelas flutuantes?E por que elas não são ligadas como as outras?
obs:explique tb sobre as falsas.

lembro que o senhor falou que nem os cientistas poderiam explicar.

Anônimo disse...

adorei a explicaçao esta prescisando de uma revisao e foi muito satisfatoria. um abraço